HOMENAGENS

“ No concurso de Lefèvre para Titular na Disciplina de Neurologia Infantil do Departamento de Neurologia ,os 4 assistentes naquela época, a pedido do Mestre,preparamos os 20 pontos para a prova escrita. Único candidato, fez um brilhante Concurso, após o que eu propus a ele que fizéssemos um livro de Neurologia Infantil.Relulante no início,após minha insistência, concordou e em 1980, após quase 4 anos de correções, feitas por mim, indo semanalmente à Editora Sarvier, o livro ficou pronto e iria ser lançado em Outubro de 80 durante o Congresso Brasileiro de Neurologia, lançamento este que ficou a meu cargo,pois o Mestre viajou para a França.Foi um lançamento primoroso e a edição se esgotou em poucos meses,havendo muitas re-impressões em vista da demanda. Em setembro de 1981 o livro ganhou o Prêmio Jabuti,nas edições em Ciência; porém, Lefèvre havia falecido em 24/08.O livro tinha 781 págs.,62 capítulos e mais 28 colaboradores,além do 2 Eds.-Lefèvre e Diament.Em homenagem ao Mestre, introdutor da Neurologia Infantil,organizei a 2ª edição, juntamente com Saul Cypel ; 3ª edição foi em 1996;4ªed. foi em 2005, em 2 volumes e 5ª ed.foi em 2010, também em 2 volumes e 3 editores, a saber A.Diament, S.Cypel e U.C.Reed. “

PROFESSOR Dr ARON JUDKA DIAMENT!

HOMENAGENS

FOTO I DRA. NORMANossa querida amiga e colega Norma faleceu no último dia 30 de Julho de 2017. Pelo comunicado de seus familiares o motivo de seu falecimento foi uma insuficiência respiratória grave.
Com uma trajetória profissional brilhante ela culminou sua carreira como Chefe do Setor de Câncer Infantil do Memorial Hospital de Nova York onde se destacou com um renome mundial.
Vale apreciar a entrevista gravada pelo seu neto, na qual ela  narra toda a sua trajetória profissional.
HOMENAGENS

 

Captura de Tela 2017-07-17 às 11.54.31Falecido em 4 de Junho de 2016.

Ele mesmo nos conta sua vida:

“Ainda estudante, no 4º ano casei-me com a Nelly, em 03 de dezembro de 1953.

Terminado o curso médico, eu já era funcionário do hospital Modelo com ameaça de ser mandado embora aos dois anos.

Em maio, fui para Garça, onde tinha a promessa de uma sociedade em um hospital. Já então eu era pai de uma menina chamada Maria Regina.

Naquela época, para sobreviver, praticamente, fizemos de tudo na profissão. Instalei o consultório e passei a ser pediatra, ginecologista, obstetra e anestesista. Sem emprego, nos primeiros quatro meses mal ganhei para sobreviver, mas fomos levando.

Deixei à obstetrícia e gineco, quando as coisas melhoraram. Então deixei a pediatria e fique só na anestesia. Fiz exames para o título da S.B.A então, dediquei todo meu tempo e esforços para me sair bem. Já era pai de mais dois filhos (Gisela e Reynaldo). Quando cometi um grave erro, pois comprei uma fazenda e lá enfiei tudo que ganhava na profissão, virando cafeicultor e pecuarista, sempre acreditando que no ano seguinte tudo iria melhorar. Não melhorou e as geadas deram o maior prejuízo.

Assim foram 26 anos, até que voltei a me dedicar plenamente como médico. Passei a fazer parte da diretoria da UNIMED-Marília e, até hoje estou no posto. Hoje, após revascularização do velho coração (cujas artérias originais aguentaram 75 anos) acredito que as novas possam suportar mais uns 30 anos.

Depois eu fiz uma cirurgia cardíaca, passei bem uns tempos, mas, precisei fazer outra no rim e surgiram problemas de diabete.

É quase tudo posso dizer. No mais, minha vida vai muito bem, com Nelly, 08 netos e uma bisneta.”

HOMENAGENS, NOTÍCIAS

O Marcelo está se formando no Berklee College de Música, em Boston e já faz sucesso como compositor.

Apreciem no link abaixo, a bela música de jazz que ele compôs e que seguramente será muito tocada e apreciada.

https://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://m.soundcloud.com/marcelo-maccaqgnan&ved=0ahUKEwjfnvrxnbHSAhUQPJAKHf7QCxUQFghwMBg&usg=AFQjCNGEC5qBbWpXT9xdKQx5mrlb_G1fbA&sig2=ASQ1p0co9o5pKuXL8UuZLw

Curta as musicas do Marcelo e vire um seguidor dele!

ENCONTROS

Foi uma enorme satisfação poder reunir esses queridos colegas e seus familiares(os meus também !) em minha residência no dia 11/03/1017 para mais uma vez relembrarmos nossa amizade e convivência desses anos todos ! Dos 82 iniciais restam vivos 34 representados por 13 de nós nesse Encontro. Muito grato aos que puderam comparecer, vários acompanhados ou representados por parentes próximos…Aos que não puderam comparecer por coincidência de compromissos ou por motivo de saúde, meu agradecimento pela boa intenção. Aos que já se foram, a nossa saudade…
Fernando Proenca de Gouvea

Foro-turma-encontro Continue Reading

ENCONTROS

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO

Um grupo de amigos de 50 anos de idade discutia para escolher o restaurante onde iriam jantar. Finalmente decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque as GARÇONETES eram gostosas e usavam mini-saias e blusas muito decotadas.

Dez anos mais tarde, aos 60 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque a comida era muito boa e havia uma excelente carta de vinhos.

Dez anos mais tarde, aos 70 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque lá havia uma rampa para cadeiras de rodas e até um pequeno elevador….Dez anos mais tarde, aos 80 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Finalmente decidiram-se pelo Restaurante Tropical.Todos acharam que era uma grande idia porque nunca tinham ido lá antes…

Tá rindo??!!
Tua vez vai chegar…

De toda maneira vamos deixar a programação para os 100 anos? Onde? Que tal no céu?

COMEMORAÇÕES, ENCONTROS

Parece que foi ontem mas já se passaram 24.455 dias depois da nossa 1ª aula na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, exatamente quando a maioria de nós se encontrou pela primeira vez ! Muita coisa nesse tempo caiu no nosso esquecimento. Mas alguns momentos são inesquecíveis e um deles tem grande destaque na memória de todos nós. Foi essa primeira aula do Curso Médico, aula de Anatomia dada pelo Prof. Renato Locchi.

Que outras situações estarão ainda na nossa memória, valendo relembrá-las ?

É para isso que resolví programar um encontro dos “sobreviventes’ da 38ª Turma FMUSP a fim de reavivarmos nossas lembranças desse tempo todo em que somos amigos. Apenas para motivar as todos, programei, na minha residência ( Rua Barbosa Lopes 350, Granja Julieta- travessa à altura do nº 301 da Rua Verbo Divino- Santo Amaro), para o dia 11/03/2017, a partir das 14 hs, um crepe caseiro, acompanhado de um chopps ou um suco, para nos reencontrarmos e comemorarmos tantos anos vividos desde então. Aos que já confirmaram a presença, agradeço e dos demais estou aguardando a importante adesão. Manifestem-se, por favor, até  o dia 08/03 pelo meu email proenca@cejam.org.br ou com a secretária (Fone 11 3469-1822).

Um abraço,
PROENÇA